Hemodiálise: dieta, cuidados e estilo de vida

As pessoas submetidas a esse procedimento, que limpa o sangue e elimina os resíduos que se acumulam quando os rins não funcionam bem, precisam seguir uma dieta especial para obter melhores resultados e melhorar a qualidade de vida.

Como paciente renal, é muito importante que você faça uma alimentação balanceada, pois melhorará sua qualidade de vida, permitirá um melhor resultado da hemodiálise e, se você for candidato a um transplante, ajudará a preparar seu corpo.

Cuidado com o potássio!

O potássio é um mineral necessário para o bom funcionamento dos sistemas nervoso e muscular. Como não é eliminado pelos rins, em pacientes com insuficiência renal, ele se acumula no sangue e pode causar distúrbios cardíacos significativos. Portanto, é fundamental evitar jejuns prolongados que favorecem o aumento do potássio no sangue.

Dicas para reduzir o potássio em frutas e vegetais:

  1. Retire a pele e corte os pedaços em rodelas.

  2. Deixe-os de molho por pelo menos doze horas.

  3. Troque a água e enxágue várias vezes.

  4. Cozinhe com bastante água. Deixe ferver de 10 a 12 minutos, mude a água e cozinhe novamente.

  5. Não use a imersão ou água fervente para preparar alimentos.

  6. No caso das leguminosas, cozinhe-as três vezes.

Tenha muito cuidado com a água

Uma das funções do rim é retirar os fluidos do corpo e, como não funciona, entre uma diálise e outra eles se acumulam no corpo, causando rápido ganho de peso, inchaço nas extremidades e aumento da pressão arterial.

Dicas para controlar a ingestão de líquidos:

  1. Use uma balança de banheiro para se pesar diariamente (sempre a mesma).

  2. Meça o líquido que deve beber por dia (500 cc + diurese), encha uma garrafa de água com essa quantidade e use sempre a mesma.

  3. Chupe cubos de gelo, beba água fria e num copo pequeno.

  4. Retire a água dos vegetais salteando-os após fervê-los.

  5. Batatas fritas têm menos água do que as cozidas.

  6. O pão torrado contém menos água do que o pão fresco.

  7. Use rodelas de limão para estimular a salivação e umedecer a boca.

  8. Mastigue chiclete sem açúcar, mesmo se você não tiver diabetes, para estimular a saliva.

  9. Beba chá gelado e limonada em vez de refrigerantes, que pela sua composição contribuem para aumentar a sede.

  10. Seja o mais ativo possível para não sentir vontade de beber.

Cardápio

Os carboidratos devem ser a base de sua dieta, exceto se você sofre de diabetes, e você deve combiná-los diariamente com carne (de preferência peru e frango) ou peixe fresco. Também é importante que você reduza a ingestão de sal para evitar possíveis complicações derivadas do aumento da pressão arterial: comece a usar substitutos de sabor, como ervas aromáticas ou alho.

Estilo de vida

O início de um tratamento de hemodiálise provoca muitas mudanças no estilo de vida dos pacientes. Nossas recomendações são:

  • Pratique exercício físico moderado com frequência e de acordo com a sua idade: caminhe, nade, ande de bicicleta ...

  • Suprima o uso de tabaco.

  • Descanse bem. Algumas indicações a esse respeito:

- Vá para a cama na hora certa e respeite os hábitos do horário
- Jantar de forma leve e equilibrada
- Não faça exercícios intensos antes de ir para a cama
- Durma em uma sala ventilada e a uma temperatura constante
- Use um travesseiro macio

  • Na medida do possível, continue com sua atividade de trabalho.

  • Não se isole: seu ambiente deve conhecer sua doença.

  • Mantenha suas relações sociais.

  • Preste atenção à sua higiene bucal. É importante insistir nele para prevenir a halitose (mau hálito) que às vezes os pacientes com insuficiência renal apresentam. Os dentes devem ser escovados após cada refeição com uma escova macia para evitar sangramento gengival e, em seguida, um enxaguatório bucal deve ser usado.

  • Use sabonetes neutros, seque bem a pele e hidrate-a com creme para evitar coceira.

  • Não use perfumes que sequem.